Edições DisponíveisFechar Janela
« Sala de Imprensa
Fechar Janela
Comunicado de Imprensa —  8 Janeiro 2013

Resposta ao anúncio da idade para o serviço missionário continua de forma entusiástica e sem precedentes

Salt Lake City — 

Candace Richins estava no meio da temporada com a equipe feminina de vôlei da Utah State University, quando o anúncio veio do presidente da Igreja, Thomas S. Monson: as mulheres podem servir em missões aos 19 anos e os homens aos 18. Apesar de entusiasmada com a possibilidade de servir em uma missão mais cedo, Richins - uma possível titular na equipe em 2013 - estava preocupada que sua bolsa e vaga no time não estariam garantidas se ela saisse.

Alguns dias mais tarde, em uma aula de religião perto do campus, Richins soube o que precisava fazer.

"Eu senti muito forte que precisava ir e precisava ir agora", diz Richins, que iniciará o serviço missionário em março, em Estocolmo, Suécia. "Então eu decidi ali mesmo que iria e não importaria o que estava deixando para trás, eu apenas iria e serviria ao Senhor. Definitivamente foi uma decisão difícil, porque não só me afeta, afeta meu treinador, minhas companheiras, toda a escola. Mas ... ao mesmo tempo, eu sabia que estava certa e que o que estava fazendo era o correto e que todos seriam abençoados por isso. "

Como na experiência de Richins, a decisão de largar tudo não é fácil para qualquer jovem ou mulher na Igreja. No entanto, a resposta ao anúncio de 6 de outubro continua entusiasmando um número sem precedentes de jovens, homens e mulheres continuam a preencher aplicações para a missão.

"Eu nunca vi nada afetar uma geração de jovens como o que o Presidente Monson anunciou na manhã de sábado da conferência geral", diz o Élder David F. Evans, diretor executivo do Departamento Missionário da Igreja e membro dos Setenta. "O que estamos vendo é apenas uma resposta absolutamente esmagadora desta geração ao convite do Senhor e do Seu profeta para se levantar e ir e servir seus companheiros e pregar o evangelho."

Nas semanas que se seguiram ao anúncio da idade missionária, a Igreja relatou que as aplicações missionárias aumentaram dramaticamente (de 700 aplicações por semana para 4.000), com as mulheres sendo mais da metade dos candidatos. Embora o número de aplicações pós-anúncio ainda seja o dobro do que foi no passado, o número total de homens e mulheres que se candidataram desde Outubro agora é mais ou menos igual. Antes do anúncio, cerca de 15 por cento dos missionários eram mulheres jovens.

O que a Igreja está fazendo para acomodar mais missionários

A Igreja opera 347 missões ao redor do mundo, cada uma com uma média de 170 missionários. Para acomodar esse novo influxo de missionários, a capacidade de muitas missões subirá para 250 missionários. Quando as missões excederem esse número, novas missões serão provavelmente criadas conforme necessário.

Falando aos missionários no CTM no dia de Natal, o Élder Russell M. Nelson, do Quórum dos Doze Apóstolos, dissipou falsos rumores de que missões seriam abertas em áreas não abertas atualmente para a obra missionária. "Tais rumores são absolutamente falsos. Refute-os! "Disse o Élder Nelson. "Os líderes desta Igreja introduzem novos países à Igreja pela porta da frente. Nós não entramos pela porta de trás ou através de uma brecha. Nossas relações são baseadas na honestidade, transparência, integridade e total conformidade com a lei local."

Os presidentes de missão estão se preparando para o aumento em treinamentos com os missionários que já estão servindo para que eles possam treinar os novos missionários. Os presidentes de missão também estão procurando a melhor maneira de acomodar os missionários dentro das fronteiras de cada missão. Embora a responsabilidade colocada sobre os presidentes de missão irá aumentar, Elder Evans observa que isso não vai ser de forma esmagadora.

"Nós tivemos muitas missões com 220-250 missionários ao longo da história da Igreja moderna em lugares diferentes", diz ele.

Como a Igreja já tem permitido que alguns missionários em 48 países possam servir aos 18 nos últimos anos, o maior aumento de missionários após o anúncio de outubro virá dos países onde o limite de idade mais jovem não estava ocorrendo - incluindo o Reino Unido, os Estados Unidos Unidos, Canadá e Japão.

Ajustes também serão feitos em cada um dos 15 centros de treinamento missionário (CTMs) da Igreja. O tempo de treinamento para os missionários, seja de língua local e de língua estrangeira, será reduzido em 30 por cento - os que não aprendem uma língua estarão no CTM por duas semanas, em vez de três, e aqueles aprendem uma língua, terão duas semanas cortadas de sua estadia no CTM.

Dois acontecimentos recentes tornaram possível reduzir o tempo no CTM. Primeiro, a Igreja iniciou um programa de treinamento missionário com duração de 12 semanas em campo há um ano - antes que alguém soubesse que o anúncio viria - em que a maior parte do treinamento que ocorre no CTM é re-ensinado e reforçado no campo missionário. Segundo, a Igreja fez um estudo de vários meses antes do anúncio da redução da idade missionária que mostra que é possível melhorar a capacidade de um missionário aprender uma segunda língua, enviando-o para o campo mais cedo. Estas duas alterações teriam ocorrido com ou sem o anúncio da idade missionária.

Para aumentar a capacidade do CTM, cada centro de treinamento irá maximizar o espaço vazio, incluindo mais camas beliches em cada quarto. Por exemplo, o CTM de Provo, Utah, vai aumentar a capacidade de 3.000 para 4.800 no curto prazo. Planos de longo prazo também estão sendo considerados. Embora em meados de outubro os líderes da Igreja decidiram não avançar com a construção de um edifício de nove andares inicialmente proposto para o CTM de Provo, os planos ainda estão em andamento para aumentar a capacidade do centro no longo prazo.

"Não demolir os prédios que já teriam sido demolidos para construir esse prédio de nove andares provou ser uma grande bênção no curto prazo", Élder Evans diz, "porque qualquer coisa que tivesse sido feita teria diminuido a capacidade no curto prazo. "

Embora muitos missionários a mais estarão no CTM de uma só vez, com as mesma estrutura, o diretor do Departamento Missionário, Stephen B. Allen, diz que a experiência no CTM para cada missionário será igualmente bom, se não melhor.

"[Queremos] ter a certeza de que a experiência no CTM para cada missionário será uma grande experiência", diz Allen. "Não vai ser uma experiência aguada, não vai ser uma experiência banalizada. Vai ser uma grande experiência de aprendizagem espiritual, um tempo de revelação para os missionários, onde eles aprendem a ser missionários ".



Gratidão pela flexibilidade nas opções de inscrição universitária

O anúncio da idade missionária também tem um impacto significativo no número de matrículas em universidades de Utah e em outros lugares.

Elder Evans afirma que a Igreja está profundamente grata aos administradores universitários que estão tomando medidas para acomodar homens e mulheres jovens que optam por servir. Por exemplo, no final de novembro, a Universidade de Utah, anunciou uma política de adiamento da nova inscrição que permite aos alunos adiar o início de sua vida escolar em até sete semestres. E em outubro a Utah State University nomeou uma força-tarefa que está atualmente estudando estratégias que a universidade pode implementar para melhor adaptar-se àqueles que optam por servir uma missão.

"Os ajustes feitos pelas universidades estão sendo maravilhosos", Élder Evans diz. "A boa vontade de considerar a posição da Igreja e, em seguida, receber os jovens da Igreja com a esperança de que eles vão voltar a essas instituições após suas missões tem sido muito, muito satisfeita, e seríamos negligentes se não agradecêcemos a cada universidade que está fazendo esse esforço. "

Richins diz que seu serviço missionário vai ajudá-la a ser uma estudante melhor quando voltar.

"Espero que quando eu voltar eu seja diferente, estarei mudada", diz ela. "Eu vou trabalhar mais, ser mais diligente na escola, desenvolver mais de meus talentos, e espero desenvolverme mais como pessoa."

Miranda Rechis, que também aproveitou o requisito mínimo de idade e em breve será uma missionária em Osorno, Chile, concorda. Ela diz que o serviço missionário vai ajudá-la na"maturidade, para ser capaz de ... levar a faculdade mais a sério" quando a missão terminar.

Mais oportunidades para o serviço missionário

Não é nenhum segredo que muito mais mulheres se voluntariaram para o serviço missionário desde 6 de Outubro. Os líderes da Igreja são gratos pela sua disponibilidade para servir. Em conferência de imprensa após o anúncio, o apóstolo da Igreja, Jeffrey R. Holland, disse que está "absolutamente satisfeito que esta mudança na política permite que muitas, muito mais mulheres jovens possam servir", observando que "as [mulheres] que servem são incrivelmente bem-sucedidas. "

Os líderes da Igreja também estão animados que mais jovens da Igreja - homens e mulheres - serão agora capazes de servir em missões.

"Este é um convite de amor do Senhor para toda essa geração", Élder Evans diz. "O que gostaria de dizer também é que as escrituras deixam claro, e acho que a Primeira Presidência e os Doze deixaram claro, ... que somos todos iguais perante Deus."

Observação de Guia de Estilo: Em reportagens sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, favor utilizar o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line por nosso Guía de Estilo.

Recursos Adicionais

Assuntos Relacionados

Programa Missionário

Programa Missionário

O programa missionário da Igreja é uma de suas características mais conhecidas. Os missionários mórmons são vistos nas ruas de centenas de cidades importantes do mundo.

Leia Mais »
Centros de Treinamento Missionário

Centros de Treinamento Missionário

Toda semana, cerca de 500 jovens, rapazes e moças, com idade entre 19 e 25 anos, membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias deixam sua família, seus amigos, a escola e profissão e viajam para um dos quinze centros de treinamento missionário (algumas vezes chamado de CTMs) existentes no mundo.

Leia Mais »
Quem são os Mórmons?

Quem são os Mórmons?

Os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (mais conhecidos como mórmons) podem ser encontrados em toda parte na sociedade

Leia Mais »
Mais Tópicos ►