Jantar celebra conquistas da Liberdade Religiosa no Brasil

Jantar celebra conquistas da Liberdade Religiosa no Brasil

Comunicado de Imprensa

No dia 22 de novembro — pelo terceiro ano consecutivo, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias promoveu um jantar especial para representantes do poder público, judiciário, líderes religiosos, jornalistas entre outros, que trabalham incansavelmente a fim de defender e promover a Liberdade Religiosa. Élder W. Mark Bassett, segundo conselheiro da Presidência da Área Brasil, deu as boas-vindas a todos os convidados e disse: "Sinto grande alegria em ver tantas pessoas que defendem o direito à liberdade religiosa reunidas aqui. É uma honra estar com todos, somos gratos por seus trabalhos e esforços”.

 

Os 115 participantes puderam fortalecer as amizades, celebrar e ao mesmo tempo – alinhar ideias de iniciativas para 2018. Antes do jantar, Dra. Damaris Moura, presidente da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da Ordem dos Advogados do Brasil / SP, Dr. Fábio Cooper, Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, Dr. Felix Palazzo, Presidente da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da OAB Federal e Dr. Hédio Silva Junior, que foi secretário de justiça do Estado de SP, participaram de uma mesa redonda discutindo o tema e propondo ações para a área. Os convidados do painel encerraram sua participação com frases marcantes de especialistas deste direito: "Liberdade religiosa, se não for para todos, não é para ninguém"; "Conhecereis a verdade e ela vos libertará"; "O preço da liberdade é a eterna vigilância"; "As pessoas não nascem odiando, elas aprendem a odiar. Mas se elas aprendem a odiar, podem ser ensinadas também a amar. Se não podem amar, pelo menos podem aprender a respeitar o diferente". "A liberdade religiosa não só promove a dignidade da pessoa humana, mas a paz".

Representantes de diversos movimentos e religiões participaram da celebração. Esta é uma forma de A Igreja de Jesus Cristo, que teve parte de sua história baseada na perseguição religiosa, demonstrar sua gratidão a todas as pessoas que atuam em defesa da Liberdade Religiosa e incentivá-las a continuarem empenhadas neste trabalho.

Texto e Fotos – Janete Monteiro Garcia – Jornalista voluntária

Observação de Guia de Estilo:Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guia de Estilo.