Mormon Newsroom
Comunicado de Imprensa

Ajuda Humanitária da Igreja promove curso de Reanimação Neonatal em Roraima, Amazonas e Amapá

Entre os dias 22 e 31 de agosto, nas cidades de Boa Vista, Manaus e Macapá, médicos credenciados pela Sociedade Brasileira de Pediatria em parceria com o Programa de Ajuda Humanitária de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ministraram uma série de aulas teóricas e práticas no Curso de Reanimação Neonatal. Participaram do treinamento cerca de 180 profissionais da saúde, entre enfermeiros, auxiliares e parteiras de diversas cidades dos estados atendidos. O projeto faz parte de uma das iniciativas globais de Ajuda Humanitária da Igreja.

Toda a jornada foi organizada e coordenada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, suas sucursais estaduais e patrocinada pelos fundos de Ajuda Humanitária da Igreja de Jesus Cristo. Ao longo do ano, diversos cursos são articulados pela Sociedade de Pediatria, mas duas ou três vezes ao ano, a Igreja participa como parceira. Segundo dados da entidade, um em cada dez bebês nasce com problemas respiratórios e precisa de auxílio no momento do parto. A Dra. Celeste Wanderley, coordenadora na Sociedade Roraimense de Pediatria, enfatizou o seguinte durante entrevista para a TV Gobo: “Nós sabemos que o momento do parto é um dos mais importantes da nossa vida. É o chamado minuto de ouro. Se nesse minuto precisarmos de ajuda e não tivermos, as consequências poderão ser sentidas para o resto da vida”.

Cada participante recebeu apostilas preparadas pela Sociedade Brasileira de Pediatria e um kit com material didático. No Brasil, nesta etapa, mais uma vez parteiras foram capacitadas. Um momento marcante, já que nas regiões mais longínquas, essas comadres têm papel fundamental no processo de salvar as vidas das crianças. No Amazonas, por exemplo, existem cerca de duas mil parteiras registradas no sistema da Secretaria de Saúde. Para a enfermeira Josiane Mascarenhas, de Parintins, que viajou de barco 24 horas para estar no curso com mais quatro parteiras, participar da capacitação foi um momento significativo. “Fomos convidadas e não poderíamos perder a chance. Pegamos alguns recursos e viemos. É uma oportunidade ímpar. Moramos numa região distante e não temos os itens e materiais necessários para utilizar durante o parto. Estar aqui e receber essa doação de equipamentos nos ajudará muito”. A enfermeira atende uma região de 12 comunidades, que abrange cerca de quatro mil pessoas.

Só nesta ocasião, o Programa de Ajuda Humanitária da Igreja de Jesus Cristo doou mais de 100 kits contendo: Balão auto-inflável, estetoscópio pediátrico, máscaras e fluxograma. Cada parteira também recebeu um kit  com vários itens, entre eles: manta térmica, balão auto-inflável, tesoura, prendedor plástico umbilical, reanimador infantil, máscara de silicone e estetoscópio. Já as Sociedades Roraimense, Amazonense e Amapaense de Pediatria receberam cerca de 15 kits completos de reanimação neonatal, que inclui um manequim de reanimação neonatal, além de todos os demais itens necessários para capacitar e multiplicar o treinamento a fim de que mais médicos, enfermeiras e profissionais estejam tecnicamente alinhados para uma rápida intervenção no caso de um bebê nascer com dificuldade de respiração.

Ao final de cada dia, o sentimento de gratidão e alegria eram facilmente percebidos no sorriso e felicidade deste público. Muitas enfermeiras faziam questão de agradecer os coordenadores. A ação é coordenada sob a direção do Departamento de Bem-Estar da Igreja, com aprovação da Presidência da Área. O mesmo projeto já foi levado a efeito em diversos países, tais como China, Mongólia, Equador, Paraguai, Bolívia e Etiópia. No Brasil, esse curso é ministrado há vários anos e já esteve no Pará, Piauí, Bahia, Maranhão, Pernambuco, entre outros estados.

A mídia, em todas as cidades, deu destaque ao evento. A cobertura foi realizada por cerca de dez canais de televisão, cinco jornais impressos, sem contar os portais de notícias, rádios e blogs. A TV Globo e Band fizeram matérias nas três cidades com as equipes de jornalismo das afiliadas. Em Manaus, o SBT fez uma participação ao vivo, com oito minutos do Programa. A participação da mídia tem como objetivo incentivar que outras entidades possam ter o desejo de realizar ações práticas de ajuda humanitária, assim como levar ao telespectador, a boa notícia. Missionário do Programa Humanitário da Igreja, o pediatra Dr. Ryan Wilcox acompanhou a jornada. Ele serviu missão no Brasil e fala muito bem o português. Concedeu diversas entrevistas e enfatizou o importante papel da igreja nesses treinamentos: “No Brasil faz mais de 12 anos que a Igreja participa desta iniciativa. O propósito principal é ajudar esses bebês, filhos e filhas de Deus". Fernando Souza, gerente do Departamento de Bem-Estar também concedeu entrevistas. Em Macapá, ao falar para a Rádio Diário do Amapá, mencionou: “Para nós, essa parceria com a Sociedade de Pediatria, é muito valiosa. Queremos contribuir para salvar vidas”.

Cobertura de Mídia:

Boa Vista-RR

- TV Globo

- Folha de Boa Vista

Macapá

- TV Globo – Amapá

- TV Dáirio

- Portal G1 – Macapá

- Amazonas Hoje

- A Gazeta

Vídeo Adicional

Assista vídeo em que o Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, fala sobre esta iniciativa mundial:

Observação de Guia de Estilo:Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guia de Estilo.