Comunicado de Imprensa

300 Voluntários Mãos que Ajudam unem-se pela Recuperação do Parque Nabuco

Mormon Newsroom

Sábado, 4 de março, foi marcante para cerca de 300 voluntários do Programa Mãos que Ajudam, desenvolvido por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias que participaram da recuperação do Parque Nabuco (Zona Sul de São Paulo). A ação ocorreu em parceria com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente da cidade.

O projeto mobilizou membros da Igreja e amigos de várias unidades: Alvarenga, Diadema e Piratininga. O líder eclesiástico da região de Diadema que levou mais de 100 voluntários comentou: “Pudemos ver o brilho nos olhos de cada um deles ao servirem juntos. Foi incrível para todos”. O secretário municipal, Gilberto Natalini, elogiou a parceria através de uma publicação em sua página nas mídias sociais. “Mais um parque recuperado: Parque Nabuco, no Jabaquara. Parceria da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, Prefeitura Regional e “Associação” Mãos que Ajudam”.

Os moradores do bairro e frequentadores do parque gostaram do envolvimento dos voluntários. A página no facebook “O Bairro – Cidade Ademar” fez uma transmissão ao vivo mostrando o trabalho dos voluntários. O vídeo tem 10 minutos e teve mais de 64 mil visualizações. Cristina Tavares fez o seguinte comentário durante a transmissão: “Parabéns à todos vcs, belíssima iniciativa, com união e boa vontade vamos longe, sintam-se abraçados.” - Assista ao vídeo.

“Hoje estamos colaborando para melhorar nossa própria região”, afirmou Ricardo da Silva, líder eclesiástico da Igreja de Piratininga. O exemplo de serviço dos voluntários Mãos que Ajudam contagiou vários frequentadores, unindo várias pessoas com o objetivo de melhorar o parque."

Texto: Departamento de Assuntos Públicos – Área Brasil

Fotos: Secretaria do Verde e Meio Ambiente de São Paulo e outras disponíveis no facebook.

 

Observação de Guia de Estilo:Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guia de Estilo.

Descarregar Fotos »